Procurando Clínicas?
A Associação ABCD com seu conhecimento vai ajudar você!
Masculina
Feminina
Fechar x
Localizar Clínicas

Mais de 1.000 mil
Clínicas e Profissionais Cadastrados!

+55 11 4551-8052 / 95305-6199

Busca por Clinica De Recuperação Para Dependentes Quimicos em Florianopolis - SC ?


Confira em nosso site clinicas de reabilitação em Florianopolis - SC

Confira em nosso Guia de Clínicas, clínicas de reabilitação em Florianopolis - SC tratamento de dependentes químicos, internação e plantão 24hs, possuimos serviços de internação compulsória, consulta psicologica, consulta psiquiatrica, monitoramento 24 horas em Florianopolis - SC . Temos um centro especializado em Florianopolis - SC pra reabilitação e tratamento voluntário e involuntário. As clínica de recuperação em Florianopolis - SC , oferece Tratamento para Dependentes de Drogas, Alcoolismo e Tratamento Feminino - Internação Involuntária.


Clínica de Recuperacao Ágape

Grupo Ágape - Masculino e Feminino

Tratamento médico especializado de baixo Custo e excelente qualidade em relação a maioria das outras clinicas particulares para Dependente de Drogas e Álcool, atendemos todas as Cidades do Brasil com internação voluntária e involuntária. Temos equipe de resgate 24 Horas para qualquer cidade do Brasil.

CONFIRA! NOVO CONVENIO COM A ABCD PARA VAGAS NA UNIDADE MASCULINA

Telefones: 11 - 4551-8052 / 4551-8052 / 11 - 95305-6199
Site:www.clinicaderecuperacaoagape.com.br

Associação Brasileira de Combate as Drogas

Associação Brasileira de Combate as Drogas

Curso / Palestra Sobre Drogas - Como Prevenir, Identificar e Tratar um Dependente Químico. Você pode estar dando abrigo a um traficante ou a um usuário dentro de sua casa sem saber! Solicite um curso ou uma palestra em sua cidade, empresa, escola e condominio.

Se você esta com duvidas sobre o assunto DROGAS e precisa de orientações nossa equipe esta a sua disposição para ajudar!

Site:www.abcddasdrogas.com.br

Ágape - Remoção de Pacientes para Internação Involuntária

Ágape - Remoção de Pacientes para Internação Involuntária

A Ágape Remoções é uma empresa especializada no resgate de pacientes para encaminhamento a clinicas de recuperação para tratamento involuntário em todo o territótio nacional.

Temos ambulâncias próprias e equipe especializada em resgate. Melhor preço do Brasil.

Telefones: (11)95305-6199
Site:www.clinicaderecuperacaoagape.com.br/remocao.html

Casa de Recuperação Esperança

Casa de Recuperação Esperança

Tratamento de baixo Custo para Dependente de Drogas e Álcool, Atendemos todas as Cidades de São Paulo com Internação Voluntária.

Acesse nosso site e confira fotos e como chegar na clinica.

Telefones: (11)95305-6199
Site:www.casaderecuperacaoesperanca.com.br

Hospital Santa Tereza

Acredite a Dependência Química pode ser tratada.Acesse nosso site e verifique em Florianopolis - SC clinicas que tratam clinica de recuperação para dependentes quimicos. Em nosso guia de Florianopolis - SC você encontrará clinicas capacitadas em clinica de recuperação para dependentes quimicos.

__________ ≈ __________


Hospital Mental Medicina Especializada

Problema com drogas na sua empresa em Florianopolis - SC conte com nosso Guia de Clinica de Recuperação para consultar sobre clinica de recuperação para dependentes quimicos sempre que necessitar. Nosso Guia de Clinicas de Recuperação também possui um cadastro de entidades como a ABCD – (Associação Brasileira de Combate as Drogas) que oferece palestras sobre clinica de recuperação para dependentes quimicos em Florianopolis - SC ou em qualquer outra cidade do País.

__________ ≈ __________


Hosp ital Santa Tereza

Se você esta procurando por clinica de recuperação para dependentes quimicos na sua cidade ou em Florianopolis - SC conte com nosso Guia de Clinicas de Recuperação e encontre a melhor forma de lidar com o assunto. Hoje em Florianopolis - SC o assunto clinica de recuperação para dependentes quimicos esta tendo maior destaque pois o crescimento das drogas a nível nacional forçou não só a cidade de Florianopolis - SC a dar maior atenção ao assunto clinica de recuperação para dependentes quimicos mais a grande maioria das cidades de nosso País.

__________ ≈ __________


AREDAC RE/PRD - Programa de Redução de Danos do Acre

A OMS ( Organização Mundial da Saúde ) reconhece a dependência química como doença por este motivo moradores de qualquer canto do pais inclusive em Florianopolis - SC podem solicitar o auxilio doença para tratamento. Procure se informar e saber mais sobre clinica de recuperação para dependentes quimicos .

__________ ≈ __________


Associaçãp Anti-alcoólica

Problema com drogas? Nós podemos ajudar acesse o Guia Clinica de Recuperação e conheça em Florianopolis - SC as melhores clinicas que tratam o assunto clinica de recuperação para dependentes quimicos com empenho e dedicação. A maioria das clinicas de nosso guia da cidade de Florianopolis - SC tem estrutura e profissionais capacitados prontos a lidar com o assunto clinica de recuperação para dependentes quimicos 24 horas por dia.

__________ ≈ __________


Informações sobre a cidade de Florianopolis - SC
Florianópolis

Santa Catarina - SC

Histórico

Primitivamente a região era habitada pelos guaranis.

Quando se deu a descoberta do Brasil, a ilha de Jurerê-Mirim, depois dos Patos, mais tarde Santa Catarina - denominação dada por Sebastião Caboto, em 1526 - estava povoada pelos tupis-guaranis, pois nessa época já se havia dado a grande migração tupi pela zona litorânea.

O cruzamento do tupi-guarani com o europeu gerou o índio carijó, cujo significado é "o que vem do branco". Daí serem os índios catarinenses denominados, geralmente, por carijós.

Foi considerável o número de navegadores de várias nacionalidades que desde o início do século XVII visitaram a ilha. O bandeirante paulista Francisco Dias Velho, em 1673, enviou à ilha seu irmão José Dias Velho, com mais de 100 índios em sua companhia. E o sertanista tratou logo de erigir, no local onde hoje se ergue a Catedral Metropolitana, uma capela sob a invocação de Nossa Senhora do Desterro. Três anos mais tarde, Dias Velho obtinha a doação das terras de cultura na ilha.

Em 1687, Dias Velho prendeu a tripulação de um barco que conduzia prata, confiscando para a Fazenda Real os bens do mesmo. Um ano mais tarde voltaram os piratas que haviam escapado e, tomando de surpresa a povoação, destruíram as benfeitorias do fundador, que foi morto.

Terminou assim, tragicamente, em 1689, a povoação de Francisco Dias Velho. Verificou-se a deserção de quase todos os povoadores, inclusive índios e escravos negros, caindo Desterro no maior abandono.

Vinte e três anos depois chegou à ilha o navegador francês Amadèe Frèzier, lá encontrando apenas 15 sítios e 147 pessoas brancas, chefiadas pelo lisboeta Manoel Manso de Avelar. A ilha achava-se sob jurisdição de Brito Peixoto, capitão-mor de Laguna. Em 1717, tida como deserta, Sebastião da Veiga Cabral requereu-a em doação. E em 1720, quando de sua correição, o ouvidor Rafael Pires Pardinho encontrou somente 27 casas na ilha e continente fronteiriço.

A 23 de março de 1726, a povoação de Desterro era elevada à categoria de Vila, por ato do Doutor Antônio Alves Laines Peixoto, Ouvidor de Paranaguá, desligando-se de Laguna. O primeiro Capitão-Mor da vila foi o Mestre - de - Campo, honorário, Sebastião Rodrigues de Bragança.

Depois que o território catarinense foi desmembrado da Capitania de São Paulo - o que se deu em 11 de agosto de 1738 - a Metrópole reconheceu a conveniência de fortificar a ilha de Santa Catarina e tratar do seu povoamento. Para encarregar-se dessa missão foi designado o Brigadeiro José da Silva Paes, nomeado governador do Presídio, em 1739. Homem culto e de grande capacidade, deu logo inicio à construção da Casa do Governo, da Matriz e de quatro fortalezas que defendessem a vila. Quanto ao povoamento, em 1748, chegaram os primeiros casais açorianos, destinados à vida agrícola.

Em 1777, foi a ilha tomada pelos espanhóis comandados por D. Pedro de Zebalos, sendo restituída à Coroa Portuguêsa no ano seguinte, pelo tratado de Santo Ildefonso, que a reconheceu definitivamente de domínio lusitano.

Por Decreto Imperial, em 1823, foi a Vila de Desterro elevada à categoria de cidade. Em 1835, instalou-se a primeira Assembléia Legislativa Provincial.

Desterro viveu dias de grande agitação por ocasião da Guerra do Paraguai, para a qual se alistou grande número de patriotas, constituindo o 25º Batalhão dos Gloriosos Voluntários da Pátria.

Com o advento da República voltou à calma para, em 1893, ser convulsionada pela revolução federalista. Sede do governo revoltoso chefiado pelo Comandante Lorena, centro de convergência de todos os chefes rebeldes e de todos os caudilhos revoltados contra Floriano, foi em Desterro que se desencadeou depois, com o governo legal de Moreira César, o terrível ajuste de contas, que levou ao muro de fuzilamento inúmeros militares e civis.

No governo de Hercílio Luz, Desterro recebeu a denominação de Florianópolis, em homenagem a Floriano Peixoto, através da Lei estadual nº 111, de 1º de outubro de 1894.

Gentílico: florianopolitano

Formação Administrativa

Segundo o quadro administrativo do País, vigente em 31 de dezembro de 1967, o município é composto de 10 distritos: Florianópolis, Cachoeira do Bom Jesus, Canasvieiras, Ingleses do Rio Vermelho, Lagoa, Pântano do Sul, Ratones, Ribeirão da Ilha, Santo Antônio de Lisboa e São João do Rio Vermelho.


Clínica Ágape Cotia



Últimas Notícias

Primeiro internado à força deixa clínica
Programa reduz uso de drogas entre jovens
Profissionais são capacitados para prevenir e reprimir drogas
Combate ao crack será intenso
Detran MS divulga eventos da Semana Nacional de Trânsito 2013
Ministério da Justiça oferece curso gratuito sobre prevenção às drogas
São Bernardo inaugura segundo Caps Álcool e Drogas da cidade
Estado dobra número vagas para comunidades terapêuticas; investimento de R$1,544 milhão
SSP forma profissionais para atuarem no Programa Crack, é possível vencer
Caps Álcool e Drogas será entregue no Alvarenga neste terça
Ministério da Justiça promove curso de prevenção do uso de drogas
Passeata contra o crack e outras drogas reúne moradores de São Sebastião
Liberação da maconha medicinal pode chegar antes do ano novo
Prorrogado prazo para consulta pública sobre Comunidades Terapêuticas
Médicos poderão prescrever derivado de maconha no país
Em 7 meses, Anvisa libera 238 pedidos de importação de canabidiol
Fundo Nacional Antidrogas realiza leilão de bens em João Pessoa (PB)
Lei antifumo agora vale para todo o país
Portaria regulamenta medidas de proteção ao trabalhador exposto ao fumo
Conselho Gestor proíbe bebidas alcoólicas e grandes festas na USP
Escócia aprova lei que reduz o nível de álcool permitido no sangue para motoristas
Plano de saúde custeia canabidiol para pacientes
Médicos britânicos querem indicação de calorias em bebidas alcoólicas
Flórida rejeita uso medicinal da maconha em referendo
Capital dos EUA e estado de Oregon aprovam legalização da maconha
No TO, trabalho com a terra ajuda na reabilitação de dependentes químicos
FBI tira do ar sucessor do site de venda de drogas Silk Road
Conad debate uso medicinal da cannabis no Brasil
Micro-ônibus com câmeras vai tentar combater drogas e crimes, no Paraná
Nova York admite posse de pequenas quantidades de maconha


Mais Procurados

Clínicas gratuitas para dependência quimica em Montanhas - RN Clínica Gratuita em Montanhas - RN Tratamento Gratuito em Montanhas - RN Clínica de recuperação Gratuita em Montanhas - RN